11/07/18

Construção de Marca, a série: Passo 3 – Agir

agencia_brick_lane_blog_plano_de_ação_planejamento_marketing_2

Nessa etapa você vai colocar em prática tudo aquilo que planejou. E a maneira mais coerente de fazer isso é desenvolver um cronograma de ações que sigam uma lógica e que esteja alinhado com seus objetivos de curto, médio e longo prazos, e também com seu orçamento.

 

Quer saber como? Sigam-me os bons 😉

 

Antes de tudo, recapitulando

 

“Construção de marca, a série” é um desdobramento do “Guia: 7 passos para criar uma marca forte”, que apresenta um roteiro bem objetivo para que você faça com que seu empreendimento, negócio criativo, produtos ou serviços sejam referência, desejados e sustentáveis ao longo do tempo.  

 

Já falamos sobre o Passo 1 – Estudar e o Passo 2 – Planejar , neste terceiro vamos mergulhar no tema ação, ou seja, como pegar tudo isso que você aprendeu e planejou e tornar realidade. 

 

E se você seguiu nossas dicas e chegou até aqui, WELL DONE, MY FRIEND! Parabéns por ter se dedicado ainda mais pra entender melhor seu projeto e enfrentar o planejamento, uma das partes mais importantes para qualquer que seja sua área de atuação.

 

Neste momento, você vai encarar muito provavelmente o passo mais desafiador, que é a execução. Conversando com muitos empreendedores de diferentes áreas, como artes, serviços, comércio, foi quase unânime a frase: até consigo planejar, mas tirar tudo do papel é a coisa mais difícil que pode existir.

 

E olha, não vamos aqui fingir que não, tá? Concordamos que essa talvez seja a etapa que vai demandar mais energia, mas com uma boa dose de organização, processos, comprometimento (sim, ainda mais!) e com a ajuda de algumas ferramentas, você terá grandes chances de tirar tudo do papel com louvor.

 

Então, mãos à obra!

 

COMEÇANDO DO COMEÇO

Antes de seguirmos para te mostrar como fazer do seu planejamento um plano de ação, vamos falar sobre as ferramentas e os métodos disponíveis para estabelecer processos de trabalho, organizar seu cronograma e ter um acompanhamento sério de suas atividades. Tudo isso pra que ao final dos 90 dias, você esteja felizinho da vida com seu plano finalmente saindo do papel.

 

Processo de trabalho com o método GTD

Já falamos do Método GTD ou Getting Things Done ou aqui no Brasil A Arte de Fazer Acontecer criado por David Allen no post sobre planejamento. E ele está de volta, pois é uma das ferramentas que adotamos porque simplesmente amamos e funciona. Lá no outro post explicamos em detalhes como ele nos ajuda na hora de planejar e acompanhar tudo (sugiro que leia antes de seguir com este post).

 

Basicamente o GTD é uma metodologia que como o nome diz, vai tirar da imaginação e do papel e fazer acontecer. É um processo super simples de juntar tudo num único lugar (a lista Inbox) pra depois classificar (Listas de Projetos, Ações de menos de 2 minutos, Outras ações, Ações que dependem de outras pessoas e Tarefas que serão feitas num dia talvez) e, of course, botar tudo pra rodar.

 

As Listinhas

Além da caixa de entrada ou inbox, que é o lugar para onde devem ir todas as coisas que tem pra fazer, você vai precisar criar outras listas e explico a seguir o que vai em cada uma delas:

 

 

1- Projetos: aqueles itens que você colocou no Inbox, mas na verdade vão precisar de várias ações para serem concluídas. Além de colocar nessa lista, você pode já ir indicando quais são todas as ações necessárias em cada um deles. Já facilitará muito sua vida.

 

 

2- Ações que faço em menos de 2 minutos: é isso mesmo, a regra de 2 minutos é fantástica e vai ser a primeira coisa que vai adotar. Ela é autoexplicativa. O de sua lista precisar de menos de dois minutos para ser concluído, deve ser feito na hora. E o mais legal é que vale pra tuuuudo! Chegou da rua, já guarde lá sua chave no lugar certo. No trabalho? Mande aquela mensagem agora, viu que o email não serve pra nada? Delete agora mesmo!

 

 

3- Outras ações: essas são ações únicas, mas que vão precisar de mais de dois minutos ou ser agendadas.

 

 

4- Preciso da ajuda ou de resposta de alguém: autoexplicativo né? Aqui entram os itens que vai precisar delegar a outra pessoa ou que esteja esperando que outros respondam ou executem.

 

5- Algum dia talvez: são aqueles que não são prioridade e vão pra uma lista específica que ficará guardada para futuras consultas.

 

Além dessas listas pra organizar e classificar as tarefas, o David Allen sugere outras atividades e processos pra continuar acompanhando e executando essas atividades, mas por enquanto demos nosso próprio jeito no GTD e fazemos uma mescla do que ele propõe, com coisas que já fazia antes, com ferramentas como o Trello.

 

Gestão de atividades com o Trello

O que dizer do Trello? Nós simplesmente AMAMOS! E não só AMAMOS, como fizemos com que nossos clientes também passassem a AMA-LO 🙂

 

Com esta ferramenta online (e também disponível em apps para Desktop e Smartphone, todos sincronizados automaticamente quando acessado) você pode organizar e coordenar praticamente qualquer tarefa, trabalhando sozinho ou em equipe, alocado em algum lugar ou em home office. Há versão gratuita e planos pagos e o conceito principal é a organização por quadros, listas e fichas.

 

Falando assim parece algo chato, complicado, cheio de coisas. Mas na real ele é suuuuper fácil de usar, pode ficar bem bonito (dá pra customizar imagens e cores) e se encaixa bem em qualquer tipo de segmento, seja para um fotógrafo freelancer ou um salão de beleza, para uma startup ou profissional liberal.

 

Por aqui fazemos um mix de planners físicos e o Trello e tem funcionado muito bem. Para os trabalhos de Brick lLane utilizamos de várias formas. Desde o próprio planejamento trimestral, que está todo lá, até tarefas internas, produção de conteúdo, entre outras atividades.

 

No relacionamento com os clientes ele tem se mostrado fantástico, pois além de terem acesso ao passo a passo dos projetos, podem aprovar os trabalhos diretamente no Trello, enviar mensagens pra gente, documentos, fotos e outros arquivos.

 

O Trello também tem sido um super aliado na gestão de conteúdo, ajudando a organizar todas as atividades de produção para nós e para os clientes.

 

Nesse link você encontra vários quadros inspiradores, modelos de vários segmentos e para muitas finalidades diferentes. Você pode copia-los e customiza-los da maneira que quiser.

 

Aqui estão alguns bem bacanas que encontrei por lá e que podem te ajudar:

 

Quadro Inspirador #1 – Gestão de Projetos Criativos

 

Quadro Inspirador #2 – Sessão de Brainstorming “Disruptivo”

 

Quadro Inspirador #3 – Calendário Editorial para Produção de Conteúdo

 

Quadro Inspirador #4 – Prospecção Comercial

 

PowerUps

Pra deixar o Trello ainda mais com a sua cara, ele tem a opção de acionar alguns PowerUps, que são aplicativos ou funcionalidades extras e que podem ser associados individualmente aos seus quadros.

 

Tem um de calendário, que você aciona e pode colocar suas fichas como eventos de seu GoogleCalendar. Tem outro em que permite incluir campos personalizados nas suas fichas e ainda o PowerUp do Evernote.

 

Sugirimos que assista a esse webinar produzido pela equipe brasileira do Trello, pois tem tudo pra você entender como ele funciona e passar a utiliza-lo agora mesmo!

 

Kit Brick Lane (Calendário Mensal, Planner Semanal e Planner Diário)

Leia tudo sobre o kit neste post e faça o download grátis

 

Gestão do Tempo com o Tide e o Pomodoro Technique 

Leia esse post aqui e aprenda tudo sobre como controlar seu tempo com este aplicativo gratuito e muito bacana 😉

 agencia_brick_lane_blog_plano_de_ação_planejamento_marketing_3

DO PLANEJAMENTO PARA A AÇÃO

Pra dar o start, resgate seu planejamento trimestral, aquele documento em que você detalhou todos os seus objetivos e as atividades para cada um deles. Será fundamental você ter feito do jeito que sugerimos, pois na etapa 3, vai precisar colocar todas as atividades relacionadas às suas metas e projetos num cronograma, com datas para começar e terminar cada atividade e ter processos para acompanhar a evolução dos projetos.

 

Se você se lembra, demos como exemplo a fotógrafa fictícia Mônica Lins, de 37 anos, que mora em São Paulo (SP), se especializou em coberturas de casamento, mas agora quer ampliar ainda mais sua área de atuação, especialmente para eventos corporativos, pois deseja ter mais tempo aos finais de semana.

 

Para conquistar seus objetivos, ela fez uma avaliação de como estava naquele momento, como gostaria de estar em 90 dias. Com base nessas respostas, ela preparou um planejamento de três meses, que incluía a parte mais importante: como faria para chegar do jeito que deseja ao final do trimestre. É daqui que partimos para a ação!

 

Vamos pegar os dois primeiros itens da lista dela e te mostrar como deverá colocar seu plano em ação com base no planejamento:

 

Objetivo 1- Ter contas profissionais nas mídias sociais

 

Ações necessárias:

  • Checar se o nome monicalinsfotografia está disponível no Instagram, Facebook e Pinterest
  • Criar conta no Instagram
  • Criar página no Facebook
  • Criar conta no Pinterest
  • Pedir para o Rafa fazer uma foto minha bem legal para colocar nos perfis
  • Escolher uma foto pra cover da página no Facebook
  • Escrever um textinho pra ir na biografia de cada rede
  • Escolher algumas fotos pra publicar no Instagram e no Pinterest
  • Escrever legendas legais pra cada uma delas

 

Objetivo 2 – Ter um site-blog-portifólio novo

 

Ações necessárias:

  • Pesquisar alguém pra fazer o site
  • Fazer reunião sobre o site com o profissional que vai desenvolver
  • Pegar orçamento
  • Fazer contrato de prestação de serviços
  • Programar os pagamentos
  • Fazer o registro do endereço www.monicalinsfotografia.com.br
  • Pesquisar hospedagem e e-mail profissional @monicalinsfotografia.com.br
  • Contratar hospedagem e e-mail
  • Programar os pagamentos da hospedagem e do e-mail
  • Selecionar fotos atuais e novas
  • Escrever um texto pra contar minha história
  • Pedir pra alguém revisar o texto
  • Enviar um email para meus clientes, familiares e amigos sobre o lançamento do site
  • Fazer um post para o Facebook sobre o site
  • Fazer um post no Instagram sobre o site
  • Compartilhar minhas fotos do site no Pinterest

 

Independentemente da ferramenta, o processo será sempre o mesmo:

 

Separe os três meses em 90 dias. Isso mesmo, você vai precisar de cada um desses dias para chegar ao fim com seu plano executado.

 

Você pode colocar as atividades por ordem sequencial, ou seja, quando a segunda depende da primeira e assim sucessivamente, ou em ordem de prioridade, para o caso de serem independentes.

 

Se pegarmos o exemplo da Mônica, vamos ver que o primeiro objetivo traz ações sequenciais e que para executar o segundo objetivo, há algumas coisas que precisam já ter sido feitas anteriormente.

 

Definindo se será por sequência ou prioridade, você deve iniciar escolhendo o dia do Vambora, ou seja, o dia que vai começar a tirar seus planos do papel.

 

Vamos considerar que além do seu planejamento para ser executado, você tem diariamente mais uma série de tarefas, que vão desde coisas pessoais e triviais, como ir à academia, entregar um trabalho, encontrar um cliente, abrir a loja, até compromissos familiares etc. 

 

Nossa sugestão é que você pegue umas três horas no fim de semana (domingo é um bom dia pra isso) pra planejar seus próximos três meses. Se achar que é muito difícil, insista. Você vai ver que é mais fácil se você realmente detalhou TODAS as atividades para cada item do seu plano.

 

Para isso, você pode usar uma agenda comum, nossos calendário e planners semanal e diário ou criar um quadro no Trello. Veja o que mais se encaixa em seu perfil e sempre escolha uma ferramenta que vai facilitar sua vida e, principalmente, te estimular a seguir com a execução do plano.

 

Ao alocar as atividades nos dias da semana, também indique quanto tempo pretende dedicar a cada uma delas. Tente ser o mais realista possível, pois isso evita que encha seu dia de tarefas do plano, mas que não consiga concluir, pois tem as outras tarefas do dia a dia pra executar.

 

Melhor ser mais conservador e utilizar mesmo os 90 dias, do que tentar terminar tudo em 30 e chegar no 28º e perceber que nada saiu do lugar.

 

Vamos pegar o exemplo da Mônica e colocar num conograma as atividades para os dois itens:

 

DIA 1 – SEGUNDA-FEIRA

Tarefa 1: Checar se o nome monicalinsfotografia está disponível no Instagram, Facebook e Pinterest

Tempo para a atividade: 45 minutos

 

Tarefa 2: Criar conta no Instagram

Tempo para a atividade: 10 minutos

 

Tarefa 3: Criar página no Facebook

Tempo para a atividade: 10 minutos

 

Tarefa 4: Criar conta no Pinterest

Tempo para a atividade: 10 minutos

 

Tarefa 5: Pesquisar alguém pra fazer o site

Tempo para a atividade: 90 minutos

 

DIA 2 – TERÇA-FEIRA

Tarefa 1: Pedir para o Rafa fazer uma foto minha bem legal para colocar nos perfis (enviar um email sugerindo data e local)

Tempo para a atividade: 5 minutos

 

Tarefa 2: Escrever um textinho pra ir na biografia de cada rede

Tempo para a atividade: 40 minutos

 

Tarefa 3: Escolher algumas fotos pra publicar no Instagram e no Pinterest

Tempo para a atividade: 90 minutos

 

Tarefa 4: Escrever legendas legais pra cada uma delas

Tempo para a atividade: 60 minutos

 

Tarefa 5: Continuar pesquisa de alguém pra fazer o site

Tempo para a atividade: 90 minutos

 

DIA 3 – QUARTA-FEIRA

Tarefa 1: Sessão de fotos com o Rafa para os meus perfis 

Tempo para a atividade: 120 minutos

 

Tarefa 2: Continuar pesquisa de alguém pra fazer o site

Tempo para a atividade: 30 minutos

 

Tarefa 3: Fazer o registro do endereço www.monicalinsfotografia.com.br

Tempo para a atividade: 15 minutos

 

DIA 4 – QUINTA-FEIRA

Tarefa 1: Agendar reunião com designer que vai fazer meu site

Tempo para a atividade: 10 minutos

 

Tarefa 2: Pesquisar hospedagem e e-mail profissional @monicalinsfotografia.com.br

Tempo para a atividade: 60 minutos

 

Tarefa 3: Contratar hospedagem e e-mail

Tempo para a atividade: 30 minutos

 

Tarefa 4: Programar os pagamentos da hospedagem e do e-mail

Tempo para a atividade: 10 minutos

 

DIA 5 – SEXTA-FEIRA

Tarefa 1: Reunião de briefing com designer que vai fazer meu site

Tempo para a atividade: 90 minutos

 

DIA 6 – SÁBADO

Tarefa 1: Selecionar mais fotos para a parte de portifílio do site

Tempo para a atividade: 90 minutos

 

DIA 7- DOMINGO

Tarefa 1: Revisar atividades da semana e planejar a próxima

Tempo para a atividade: 60 minutos

 

Deu pra entender o esquema?

 

Por isso é tão importante você ter detalhado todas as etapas dos seus objetivos ou projetos na parte do planejamento. Assim, agora, basta você se organizar e colocar num cronograma tudo que tem de fazer e, principalmente, realmente fazer!

 

Esperamos que de uma vez por todas você consiga tirar seus planos do papel, especialmente se você quer mesmo construir uma marca forte, desejada e que tenha relevância em sua área de atuação.

 

Fique ligado que o próximo passo, Estipular Métricas.

 

Essa palavra esquisitinha nada mais é do que aquilo que vai indicar que o seu plano e ações estão dando o resultado esperado ou não. Além disso, você deve definir a periodicidade em que vai medir essas métricas, pois dessa maneira você acompanha e compara os resultados.

 

Por exemplo, seu objetivo de curto prazo é trazer mais visitantes para o seu site, pois lá está sua loja online. Para isso, adota uma série de ações, entre elas criar um blog e intensificar a publicação de posts de assuntos que possam interessar ao seu público. Pois bem, neste caso pode usar como métrica as visitas ao site.

 

E é sobre isso que vamos falar. Dependendo de seus objetivos, existe sempre uma maneira mais correta de medir se o que você está fazendo está dando certo ou não.

 

Ah, e se tiver alguma dúvida ainda sobre o Passo 3 – Agir, escreva pra gente no email contato@bricklane.com.br ou deixe seu comentário aqui!

SalvarSalvar

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestShare on Google+Email this to someone

categoria: