12/12/18

Construção de Marca, a série: Passo 4 – Estipular Métricas

agencia_brick_lane_blog_marca_branding_planejamento_metrica_pb copy

Pode ser uma palavrinha bem da esquisitinha, mas as tais “Métricas” nada mais são do que maneiras de mensurar se seu plano e ações estão dando o resultado esperado ou não a partir de dados coletados nessas atividades.

 

E, além de saber que tipo de informações são relevantes para seu negócio, você precisará definir a periodicidade em que vai acompanhar essas métricas, pois dessa maneira você monitora e compara os resultados.

 

Veja este exemplo:

 

Se seu objetivo de curto prazo é trazer mais visitantes para o seu site, pois lá está sua loja online, você pode adotar uma série de ações, entre elas criar um blog e intensificar a publicação de posts de assuntos que possam interessar ao seu público. Pois bem, neste caso pode usar como métrica as visitas ao site, a taxa de conversão de visitantes em cadastrados, a taxa de conversão de visitantes em clientes.

 

Outras métricas possíveis neste mesmo caso são os compartilhamentos e comentários dos blog posts. Medir o engajamento é fundamental para entender se seu conteúdo está atraindo a atenção de seu público.

 

Porém, vale destacar que para cada tipo de negócio, estágio de projeto ou perfil de empreendimento, você terá necessidades diferentes e, por isso, um plano de ação exclusivo. Isso também significa obviamente que suas necessidades de métricas serão só suas.

 

No caso de um dentista, a necessidade de ter clientes recorrentes pode resultar numa ação de envio periódico de um email marketing para a base de clientes lembrando sobre as visitas anuais ou semestrais para checagem da saúde bucal. Aqui a ação é o e-mail marketing e as métricas podem ser:

 

1- Emails abertos

2- Cliques no email-marketing

2- Taxa de conversão de leitura de email e cliques em agendamentos de consultas

 

Já para um fotógrafo de casamentos, a necessidade pode ser a criação de um novo portifólio com o objetivo de conseguir diversificar a atuação para outras ocasiões (nascimentos, batizados, fotos de família etc). A ação a ser tomada pode ser, por exemplo, escolher clientes especiais para uma sessão de fotos express gratuita para a construção desse portifólio e, posteriormente, postagens regulares dessas novas fotos no perfil oficial no Instagram. A métrica poderia ser likes, reposts, comentários e consultas de orçamentos.

 

Como é possível observar, casa situação vai exigir um plano de ação e consequentemente um jeito diferente de medir se essas ações estão no caminho certo. A ideia é que essa mensuração regular de dados possibilite que a rota seja fácil e rapidamente corrigida, se este for o caso, ou que lhe dê força suficiente para amplia-la.

 

Pra que tudo fique ainda mais claro de entender, selecionamos algumas necessidades apresentadas por alguns de nossos clientes, as ações que foram realizadas e os tipos de métricas que estipulamos. Confira!

 

Cliente 1- Serviços Gastronômicos

Necessidade:

Prospecção de Clientes Corporativos

 

Ações:

Mapeamento de potenciais clientes

Desenvolvimento de uma apresentação mais completa dos serviços

Envio de mensagem individualizada com a apresentação e sugestão de reunião

 

Métricas possíveis:

Taxa de e-mails abertos e respostas recebidas

Taxa de conversão de: consultas de orçamentos, agendamento de reuniões e fechamento de contratos

 

Cliente 2 – Design de Interiores

 

Necessidade:

Presença digital profissional

 

Ações:

Desenvolvimento de identidade visual

Criação de site com blog e perfis oficiais no Instagram, Facebook e Pinterest

 

Métricas possíveis:

Acessos ao site

Consultas de orçamentos

Taxa de conversão de projetos fechados

Mensagens recebidas

Likes, compartilhamentos-reposts e comentários

 

Cliente 3 – Figura Pública

 

Necessidade:

Produção de conteúdo profissional

 

Ações:

Consultoria em Comunicação e Marketing Digital

Gestão de presença digital e produção de conteúdo para publicação periódica nos canais oficiais (Instagram, Facebook e YouTube)

 

Métricas Possíveis:

Números de seguidores e curtidores

Likes, comentários e compartilhamentos

 

Como este é normalmente um assunto que pode assustar no começo, sugerimos mais uma vez que você comece pequeno, ou seja, escolha duas ou três principais ações do seu plano, estipule as métricas que vão te ajudar a avaliar os resultados, monitore e reflita sobre esses dados.

 

No próximo post da Série vamos falar justamente de como essas métricas devem ser medidas e analisadas. Logo mais traremos o 5º Passo: Mensurar.

 

E se tiver alguma dúvida já sabe: escreva pra gente! Vamos adorar te ajudar 🙂

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestShare on Google+Email this to someone

categoria: